O que é Andropausa? Conheça mais sobre essa doença

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, cerca de 15% dos homens entre 50 e 60 anos têm a Andropausa, diminuição da produção de testosterona. Aos 80 anos, este índice passa para 50%. O que acomete a saúde masculina é uma queda do hormônio masculino pelos testículos.

A testosterona é responsável pela libido, pela capacidade sexual, pelo crescimento da próstata, dos pelos e da força muscular, esse fator dificulta em como manter a ereção por muito tempo.

  o que é andropausa

Com a idade, é natural que haja o declínio nos níveis de sua produção, mas outros fatores também podem desencadear esta baixa, como: hábito alimentar não saudável, sedentarismo, o uso de medicamentos usados no tratamento de câncer, torção do testículo, presença de varizes escrotais e obesidade também podem influenciar na produção do hormônio.

A queda do hormônio masculino não acomete o homem, como na mulher, pois na mulher há a interrupção da menstruação e é um marco para o diagnóstico da menopausa. Como os homens não possuem um sintoma tão claro que leve à constatação da andropausa seu diagnóstico se torna mais difícil.

Os homens devem ficar atentos aos sintomas de alerta como cansaço, alterações no humor, diminuição da libido, disfunção erétil, perda de massa óssea e massa muscular, depressão, fadiga e irritabilidade, diminuição de pelos e alterações de memória. Segundo pesquisas científicas, 33% dos homens acima dos 60 anos sofrerão desse mal.

A reposição hormonal é uma opção para o tratamento da doença, mas ela não deve ser vista como o resgate da juventude para o paciente. Ela deve ser feita com orientação médica e pode ser utilizada por via oral, injetável, adesivos e cremes para a pele. Para os homens que tenham câncer de próstata, insuficiência cardíaca, apneia do sono e epilepsia, este tratamento não é recomendado. Se o paciente estiver neste grupo, o médico urologista deverá ser informado.

O tratamento de reposição hormonal se faz necessário para garantir a qualidade de vida e bem estar do homem, garantindo um processo de envelhecimento saudável. A Andropausa não está sujeita à prevenção, pois é uma condição natural e irreversível da saúde masculina.

Porém com uma dieta equilibrada, aliada à prática de exercícios físicos regulares, boa qualidade do sono, controle do peso e a não utilização de cigarros ajudarão a retardar o aparecimento da deficiência na produção do hormônio masculino.